» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.

https://audio.audima.co/audima-widget.js

Ao ativar as forças de segurança pública, é fundamental saber qual o número mais adequado para a chamada. A população dispõe de dois telefones para atendimento de ocorrências policiais: 190, da Polícia Militar e 181, da Polícia Civil. Saber qual é o número mais adequado para cada situação é essencial para uma resposta rápida às ocorrências e, até mesmo, para que vidas sejam salvas.

190

O número 190 é da Polícia Militar e a ligação é direcionada ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). O 190 é usado principalmente em situações em que um crim3 potencialmente f4atal ocorreu ou está em andamento, além de outros eventos que estão acontecendo no momento, como vi0lência* doméstica e perturbação da paz.

O Major Daniel Couto, diretor do Ciosp, explicou que para atender às ligações feitas para o telefone 190, a unidade conta com uma estrutura com profissionais qualificados, para o direcionamento de ocorrências e com equipamentos tecnológicos para que o cidadão possa atender rapidamente sua solicitação. à Polícia Militar ou ao Corpo de Bombeiros.

“O número 190 é o responsável por atender as ligações da polícia e do Corpo de Bombeiros em Sergipe. No Ciosp, contamos com 16 canais de atendimento com colaboradores treinados para a realização desse tipo de atendimento. Há toda uma tecnologia embarcada para identificação de chamadas, gravação de chamadas, enfileiramento para que o número não fique ocupado ”, destacou o diretor.

O diretor do Ciosp destacou ainda que o sistema da unidade é capaz de identificar ligações que trazem falsos eventos, que impactam no atendimento às demandas da população. “Uma situação importante é que, quando identificamos a ligação e provamos que ela é característica do trote, são tomadas medidas criminais para identificar essa pessoa”, destacou.

O major explicou ainda que, nos casos de vi0lência* doméstica, são recolhidas as informações essenciais para o tratamento da ocorrência e a equipa policial já está posicionada no local. Em outros casos, como na perturbação da paz, o Major Daniel Couto esclareceu que os operadores do Ciosp solicitam mais informações do solicitante para que a ocorrência seja encaminhada às equipes.

“Atendemos ligações anônimas, no caso de vi0lência* doméstica, por ser considerada prioritária, com diferentes protocolos. Nestes casos, no momento da ligação, o atendente registra informações importantes e despacha o veículo. Durante o turno, outras informações são recebidas. Nos casos que não são prioritários, o atendente registra todas as informações e somente após o despacho do veículo ”, comentou.

181

O número 181 é o telefone do Disque-Denúncia da Polícia Civil. O número é usado para encaminhar reclamações à polícia. Com as informações comunicadas pelo cidadão, de forma anônima, são realizadas investigações, que podem desencadear operações que resultam na prisão de suspeitos de tráfico de drogas e até na desarticulação de grupos criminosos.

A delegada Mayra Moinhos destacou que o Disque-Denúncia é um canal de comunicação anônimo da Polícia Civil, administrado pela Divisão de Inteligência (Dipol). “A comunidade pode ligar e relatar situações que precisam ser analisadas. São situações que precisam ser checadas para o futuro. Ao contrário do 190, não é o apelo que a comunidade quer pronto atendimento policial ”, disse.

Recebida a denúncia de 181, o fato é encaminhado à unidade de investigação policial. “A Polícia Civil distribuirá esse fato à respectiva unidade, que fará os levantamentos e tomará as providências necessárias. O Hotline é um canal de comunicação anônimo, ou seja, se você tiver informações relevantes e quiser que fatos como um ponto de tráfico e fugitivo da justiça sejam investigados, pode repassar as informações sem revelar sua identidade ”, reiterou o delegado.

Mayra Moinhos destacou ainda que as práticas recorrentes, mas não em flagrante delito, podem ser comunicadas ao 181. constantemente e que não se trata de um caso de emergência de flagrante. Narrando o fato à Dipol, vamos tratar das informações e distribuí-las para a unidade responsável pela investigação ”, frisou.

O delegado destacou a solicitação de que apenas informações verdadeiras sejam repassadas, pois as comunicações falsas impactam a própria comunidade. “Esse canal traz informações importantes que já resultaram em inúmeras investigações bem-sucedidas. Por isso, solicitamos à população que utilize o 181 para casos específicos, sem utilizá-lo para trotes ou para desviar a função de socorro policial. Quando você ligar, essa informação será acertada e o fato será verificado. Quando a atenção da Polícia Civil é desviada, toda uma comunidade sai perdendo ”, concluiu.

console.log (‘Aud01’);

Posto 190 ou 181: Descubra para qual telefone ligar e chamar a polícia apareceu pela primeira vez em Só Sergipe.

Deixe uma resposta