» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
Nesta terça, o Palmeiras foi o empate de 0 a 0 contra o Bahia, na Fonte Nova, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após a partida, Abel Ferreira lembrou que o Verdão tinha uma extensa lista de desfalques para a partida desta noite, destacando a importância de sair de campo sem vazar, o que não acontecia nos últimos cinco jogos.

“Foi um jogo difícil para nós, com um primeiro tempo muito equilibrado e, na minha opinião, a melhor oportunidade foi para o Palmeiras. quer dizer: quando temos todo o elenco disponível, somos uma equipe muito forte e competitiva. Hoje os meninos não têm a maior ligação possível, mas resolveram-se bem, com muito espírito de sacrifício ”, afirmou o treinador.

Na sequência, Abel lamentou a perda de Gabriel Menino e Kuscevic, que foram recolocados com dores e serão avaliados na volta a São Paulo. O treinador aproveitou para fazer críticas ao calendário brasileiro.

“Tivemos mais duas lesões. É insano o número de jogos, mas vamos ver como chegamos ao fim do campeonato com o número de jogos que temos”, disse Abel, que acrescentou: “É desumano o que fazem com os jogadores aqui , e eu tenho que defendê-los. Acabamos com mais dois jogadores. Só temos mais alguns, e acabamos com mais dois. ”

Por fim, Abel foi questionado sobre os pontos positivos que vê no Palmeiras nos últimos jogos e se ainda poderia fazer o time voltar a atuar da forma que já demonstrou sob seu comando. O técnico aproveitou para mandar mensagem para Renato Gaúcho, técnico do Flamengo, que enfrentará o Verdão na final da Libertadores.

“Não queria encerrar essa entrevista sem mandar um abraço ao meu amigo Renato Gaúcho. Assisti à última entrevista coletiva dele, porque gosto dele, acho que ele é um dos melhores treinadores brasileiros. Quando fala dos nomes dos os jornalistas, me liguem para que eu possa dar mais quatro nomes, porque temos que fazer um jornalismo sério e verdadeiro. Seja para criticar, mas para falar a verdade. A gente vive a nossa vida com a verdade. Então, Renato, vamos conversar Depois. Em campo, discutimos e lutamos pela vitória dos nossos times, mas tenho mais quatro nomes para dar, então vocês podem dizer mais quatro ”, finalizou.

Após a vitória do Flamengo sobre o Fortaleza, no último sábado, Renato fez duras críticas aos profissionais da imprensa que cobrem o clube.

“O mais importante são os jornalistas. Hoje não vou dar um nome, mas quem começa a fazer perguntas sobre A, B ou C aqui e não dá as informações corretas. Hoje não vou nomeá-los, mas sinto muito por alguns, estou até colocando no plural. Da próxima vez, vou nomeá-lo. Os jornalistas precisam ser responsáveis. O torcedor precisa ficar de olho nos jornalistas que mentem ”, disse o técnico do Flamengo.

Com o resultado, o Palmeiras chegou a 40 pontos, na quarta colocação. O próximo jogo da equipe é contra o Internacional, neste domingo, às 16h, no Allianz Parque.
Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta