Abel revela que os gols contra o Fla surgiram a partir da estratégia definida para a final #esporte

Link do nosso grupo simhttps://chat.whatsapp.com/EYIF9MIL0C9Ksg3Ju1VBsk


Pouco mais de um mês após a conquista da Libertadores, Abel Ferreira comentou aspectos da estratégia robusta para a final contra Flamengo. O treinador revelou que os jogadores da Palmeiras sabiam que o caminho para o sucesso ofensivo passaria pela lateral onde o time fez o primeiro gol, marcado por Raphael Veiga.

“Como íamos atacar? Do lado esquerdo do nosso adversário. Sabíamos que o Filipe Luís e o David Luiz tinham problemas físicos. Se reparares, os movimentos do Ron foram sempre para estes jogadores”, disse o português.

Em seguida, Abel comentou o segundo gol, apontado por Deyverson. Segundo o treinador, os jogadores da frente sabiam exatamente quando pressionar o adversário.

“Foi o resultado dele (Deyverson) acreditar. Temos um gatilho de pressão: no passe tardio, a nossa ideia coletiva é saltar para a pressão. Tínhamos estratégias bem definidas, tanto na pressão lateral como nos passes tardios”, disse O Treinador.

Por fim, Abel garantiu que não precisou nem usar o tabu de dez jogos sem uma vitória sobre o Flamengo como fator de motivação no vestiário.

“O Palmeiras não ganha o Flamengo há muito tempo. Nunca usei, porque estava na cabeça dos jogadores. Nossa história é aqui e agora. Mais do que procurar fantasmas no passado, porque é no presente que a gente faz história “, concluiu.

Abel continuará como treinador do Palmeiras na próxima temporada, conforme confirmou Leila Pereira em sua primeira entrevista coletiva como presidente do Verdão. O contrato dos portugueses com o clube é válido até ao final de 2022.
Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta