» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
A diretoria paulista se reuniu com o técnico Hernán Crespo na manhã desta segunda-feira, na Barra Funda CT, para avaliar os trabalhos do técnico. Vindo de três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Tricolor não consegue figurar no topo da tabela e ainda flerta com o risco de rebaixamento, mas, pelo menos por enquanto, a liderança paulista tem decidiu mantê-lo na posição.

Durante o encontro, houve conversas para encontrar alternativas para fazer o São Paulo voltar a ter o mesmo desempenho de outros momentos da temporada, como o Campeonato Paulista. Hernán Crespo teve uma pausa de oito dias entre o empate com o Atlético-MG e a partida contra a Chapecoense, mas, embora o time tenha criado várias chances para sair de campo com a vitória, novamente o resultado final foi o empate no placar. uma vez em 1 para 1.

Recentemente, o diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, havia defendido a obra de Hernán Crespo, garantindo a grande convicção que a cúpula paulista tinha na atuação do argentino. Mesmo com toda a pressão de boa parte da torcida e dos bastidores do clube, a atual administração vem tentando proteger o elenco e a comissão técnica de uma crise ainda maior.

Em 55 jogos à frente do São Paulo, Hernán Crespo conquistou 24 vitórias, 19 empates e 12 derrotas, com melhora de 55,1%. Desde fevereiro no clube, o comandante argentino precisou de pouco tempo para conquistar o título paulista, mas, desde então, o desempenho do Tricolor não tem sido o mesmo.

A grande chance de Hernán Crespo e seu time iniciarem uma reação será nesta quinta-feira, quando o São Paulo receber o Santos, no Morumbi, em jogo que marcará o reencontro do time com a torcida. O último jogo do Tricolor com presença do público foi no dia 11 de março de 2020, na vitória por 3 a 0 sobre a LDU, na fase de grupos da Libertadores, ainda sob o comando de Fernando Diniz.
Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta