» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
A chegada de reforços na última janela de transferências, em agosto, e a ascensão de jovens candidatos mudaram a cara do Corinthians, e também complicaram a situação de Ángelo Araos no clube.

O chileno iniciou os dois jogos em que Fernando Lázaro liderou o time, contra o Sport Huancayo e o River Plate-PAR, pela Copa Sul-Americana, logo após a saída de Vagner Mancini.

Com Sylvinho, Araos teve oportunidade em 13 jogos, quatro dos quais o médio começou a jogar.

Mas, a série atual é tudo menos emocionante. Na invencibilidade da equipe, que já dura 10 partidas, o Araos nem sequer foi listado em quatro jogos, além de ter disputado apenas um duelo, contra o Atlético-GO, quando entrou à beira de uma lesão no segundo tempo.

Para a partida de sábado, contra o Sport Recife, Araos voltou a ficar de fora do elenco.

Desde a contratação do estrangeiro, o Corinthians já foi procurado diversas vezes por clubes interessados ​​em contratar o atleta por empréstimo. A intenção da diretoria alvinegra, porém, é vender o jogador. Portanto, nenhuma negociação avançou.

A Gazeta do Esporte apurou que dificilmente Araos estará no elenco do Corinthians em 2022. O técnico do jogador já está em busca de um novo destino, onde Araos possa ter mais espaço para atuar. Os dirigentes coríntios concordam com o plano, de olho na apreciação.

O Corinthians comprometeu R $ 23,9 milhões em julho de 2018 para tirar o Araos da Universidade do Chile e passar a deter 100% dos direitos econômicos do atleta, hoje com 24 anos.

Com a camisa do time de São Paulo, Araos participou de 60 jogos e marcou um gol. A relação com o Timão dura até final de julho de 2023.

Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta