» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
O Arcebispo da Cidade de apareceu (SP), Presente Orlando Brandes, afirmou que para ‘ser uma pátria amada, não pode ser uma pátria armada’ e criticou o notícias falsas durante um sermão na missa das 9h, a principal do dia Nossa Senhora Aparecida, comemorado em 12 de outubro. “Para ser uma pátria amada, seja uma pátria sem ódio. Ser uma pátria amada, uma república sem mentiras e sem notícias falsas. Amada pátria sem corrupção.

E pátria amada com fraternidade. todos irmãosconstruindo a grande família brasileira ”, questionou Brandes. Em outra parte da homilia, o padre defendeu a vacina e a ciência, lamentou as 600.000 mortes devido à Covid-19 no Brasil e citou pessoas que passam fome no país.
Madre Aparecida, muito obrigada porque na pandemia você foi consoladora, conselheira, professora, companheira e guia do povo brasileiro que hoje te agradeço de coração porque sim, ciência sim e Nossa Senhora Aparecida juntas salvando o povo brasileiro.

Quero pedir a cada um de nós que abrace o Brasil. Abrace nosso povo ”, disse Brandes, que mais tarde também negou que as mensagens fossem dirigidas ao presidente Jair Bolsonaro (sem ), que defende o armamento da população e é investigada em inquérito sobre notícias falsas no Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o arcebispo, os discursos foram para todos os brasileiros. Estiveram presentes os ministros da Cidadania, João Roma, e da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. Bolsonaro está em Guarujá (SP) desde sexta-feira, 8, e é esperado em Aparecida à tarde.

Fonte: Jovem Pan

    .

Deixe uma resposta