» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
Uma ativista dos animais usou sua própria calcinha para prender um burro durante o resgate de dois animais no Anel Viário, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. O caso aconteceu no domingo (10) e foi compartilhado nas redes sociais.

Stefani Marinho Rodrigues, 41, dirigia até o abrigo sem fins lucrativos Anjos da Proteção Animal (APA), do qual é presidente, quando avistou dois burros, um deles filhote, caminhando à beira da estrada, com intensas circulação de veículos.

“Parei o carro, tentei seguir os animais e eles iam acelerando os passos. Consegui colocar os dois na calçada de um posto de gasolina e pedi aos funcionários cordas ou algum instrumento que pudesse segurar o animal. t obter essa ajuda e a única A maneira que encontrei de segurar o animal foi tirando minha calcinha e usá-la para segurá-lo. Parece cômico, mas foi a única maneira que encontrei de ajudar aquela vida naquele momento “, diz o ativista.

Segundo Stefani, após prender os burros, ela contatou um transporte e os dois animais foram levados para uma fazenda que faz parte da APA. “Os burros foram avaliados por veterinários e estão recebendo apoio alimentar”, disse o presidente.

A ONG Anjos da Proteção Animal está formalmente cadastrada desde 2015, mas a iniciativa vem realizando trabalhos de proteção aos animais há mais tempo, segundo Stefani. A APA é mantida por meio de doações. A ONG já resgatou mais de 500 animais de pequeno e grande porte.

“Hoje continuo o trabalho que meu pai sempre fez com os animais, dentro da proteção animal. Minha luta vem do berço e faço por amor e compaixão. É uma luta muito valiosa, porque estamos salvando vidas, vidas que estão esquecido pelo poder público ”, afirma o presidente da APA.

ASSISTA VÍDEO

Fonte: g1

    .

Deixe uma resposta