Ator famoso do SBT mata a própria mãe e estava planejando mat4r* o Presidente: “tir0* na nuca” – #exclusivo


Famoso ator do SBT mata a própria mãe e planejava mat4r* o presidente: “tir0* na nuca”

Nos últimos dias, um caso que acabou chocando todos os telespectadores do SBT envolvendo um ator famoso acabou vindo à tona na semana passada após uma grande tragédia. Onde um ator da emissora que ficou famoso por atuar em séries mundialmente famosas como Supernatural e Riverdale, ambos sucessos exibidos no SBT aqui do Brasil.

O ator acabou cometendo um crim3 nunca visto no mundo, o crim3 aconteceu em 2020, no Canadá, mas só passou a ter mais detalhes agora. O ator acabou matando a própria mãe, usando uma arma, dando um tir0* na cabeça dela, e ainda tem planos de mat4r* o primeiro-ministro do país onde cometeu o crim3, no Canadá, no final do mesmo ano.

Estamos falando do ator Ryan Grantham, que acabou matando a própria mãe Barbara Waite, de 64 anos, ao levar um tir0* certeiro na nuca, enquanto tocava piano dentro de sua casa. No dia seguinte, o ator decidiu então cobrir o corpo da própria mãe com um lençol, e deixou sua residência com a intenção de mat4r* o ministro norte-americano.

A confirmação da informação foi dada no primeiro dia das audiências de condenação do ator, que ocorreram na semana passada. Ryan Grantham disse ainda que após mat4r* a própria mãe, acabou tendo um surto, que inclusive gravou um vídeo após matá-la, e escreveu tudo em um diário. Ele também confessou que depois de executar sua mãe, saiu de casa para pegar dinheiro e já voltou para sua casa.

Ryan também disse que sentou no sofá para assistir vídeos de motolov construindo para cometer o outro crim3 que estava planejando. Um dia depois de mat4r* sua mãe, ele deixou sua residência para mat4r* Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá. No entanto, ainda no caminho, ele decidiu se entregar à polícia. E com isso, o ator pode pegar prisão perpétua pelo crim3.

Famoso ator do SBT mata a própria mãe e planejava mat4r* o presidente: “tir0* na nuca”

Deixe uma resposta