‘Black Friday da mercearia’ marca evento de desconto contagiado por inflação #economia

Link do nosso grupo simhttps://chat.whatsapp.com/EYIF9MIL0C9Ksg3Ju1VBsk




A característica mais forte parece ser a demanda por bens de consumo veloz, na tentativa de antecipar as compras do mês, aproveitando para reduzir gastos com alimentação, bebida, higiene e limpeza Mercearia, mercearia Pixabay Depois de passar a semana inteira analisando movimento de grandes varejistas e consumidores em preparação para a Black Friday deste ano, o presidente do Reclame Aqui, Edu Neves, concluiu que se trata de uma “Black Friday do armazém”. Leia mais: Black Friday 2021: Qual celular intermediário escolher? Veja quatro smartphones de até R $ 2.000 Black Friday 2021: Vendas online crescem 4% e somam R $ 2,3 bilhões desde quinta-feira, diz Neotrust Black Friday: Desconto médio é de 64,7% no grande varejo online – ele desenha um cenário em que as empresas têm não ofereceu grandes descontos em itens mais tradicionais, como eletrônicos, e os clientes têm pouco dinheiro para gastar. O destaque do evento deste ano parece ser a demanda por bens de consumo velozes, na tentativa do consumidor de se antecipar às compras do mês, aproveitando a venda para reduzir gastos com alimentação, bebida, higiene e limpeza. Típico de tempos de pressão inflacionária, esse comportamento de estocar o produto em casa (antes que o preço suba) contagiou a semana de promoções. “Percebemos que em produtos de maior valor, como TV e geladeira, os descontos não são muito atrativos. As pessoas estão comprando lenços umedecidos e salgadinhos em promoção. As empresas estão colocando descontos em itens com margens maiores”, diz Neves. Uma das novidades da Black Friday 2021 foi que os produtos de consumo ganharam destaque em relação aos bens duráveis ​​no ranking de reclamações do Reclame Aqui. Há relatos de compra de perfume, xampu e outros itens de mercearia. Leia mais: Black Friday 2021: O que o Mercado Livre, Amazon, Americanas e Via estão preparando Black Friday 2021: McDonald’s e Burger King distribuem hambúrgueres grátis Black Friday com Pix favorece acesso de baixa renda A Black Friday vem ganhando força, mas hoje é a dia crucial Das 12h de quarta-feira (24) às 6h desta sexta-feira (26), o Reclame Aqui registrou 5.678 reclamações relacionadas à Black Friday de 2021. Assim como em 2020, os gigantes do comércio eletrônico lideram o ranking de reclamações.


.

Deixe uma resposta