Brasil propõe na OMC a adoção de corredores de alimentos e insumos apesar das sanções internacionais

Brasil propõe na OMC a adoção de corredores de alimentos e insumos apesar das sanções internacionais




A ideia que o Brasil está discutindo com vários outros países é que, da mesma forma que existem corredores humanitários, devem ser estabelecidos corredores urgentes para garantir o fluxo contínuo de alimentos e matérias-primas. O Brasil lançou a ideia de um grande compromisso global para que os países permitam que os produtos agrícolas fluam para os mercados globais, apesar das sanções internacionais contra a Rússia e dos problemas causados ​​pelo lockdown na China, em discussões na Organização Mundial do Comércio (OMC). Artigo exclusivo para assinantes. Para acesso completo, acesse o link do artigo e cadastre-se.

Deixe uma resposta