» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
A aposentadoria é um grande sonho para a maioria dos funcionários brasileiros. O que muitos não sabem é que o segurado que está para se aposentar por idade pode aumentar o benefício com uma contribuição.

significativo: Para obter aposentadoria por idade, o segurado deve ter contribuído com o INSS há pelo menos 15 anos. Se for mulher, deve ter pelo menos 60 anos e se for homem deve ter pelo menos 65 anos.

Como aumentar o valor do benefício com uma contribuição?

Quando o segurado cumpre todos os requisitos exigidos e está prestes a se aposentar, ele pode aumentar seus ganhos com uma contribuição. A explicação para esse fato é a seguinte: desde a Reforma Previdenciária (13/11/2019), algumas arrecadações podem ser descartadas, o que pode reduzir o valor do benefício. Dessa maneira, é provável separar o período de 15 anos em que o trabalhador tinha o maior salário e considerar só esse tempo para o cálculo do benefício.

Vale ressaltar que é necessário consultar um especialista antes de descartar as contribuições para evitar “dores de cabeça” e garantir algo que traga mais benefícios.

Como calcular para garantir mais benefícios

Logo após a Reforma da Previdência Social (13/11/2019), foi definida uma norma de como será feito o cálculo do valor que será dado pela remuneração. Via de regra, 60% do salário médio do trabalhador que cumpriu o período mínimo de recolhimento do INSS (15 anos) + 2% é dado a cada ano que ultrapassar esse período.

significativo: segundo mencionado acima, o INSS permite a destinação de arrecadações menores que reduziriam o salário médio e, consequentemente, a aposentadoria.

Dessa maneira, em alguns casos, o segurado pode obter mais benefícios se reservar alguns anos de cobrança, porém para que isso seja feito da maneira certa é necessário consultar um advogado, pois ele pode escolher a melhor ação a ser ocupado.

Aumento da aposentadoria com uma contribuição

Este caso pode acontecer algumas vezes, pois depende de algumas qualidades.

O que deve ser considerado?

Logo após a Reforma da Previdência Social, só os salários de julho de 1994 são contabilizados.

O segurado que completou 15 anos de contribuição antes dessa data e fez baixa arrecadação com o INSS a partir de 1995, pode descartar as baixas contribuições para obter mais benefícios.

Quando o segurado fizer uma contribuição no valor da mesma maneira ao teto da previdência social de R $ 6.433,57, ele receberá 60% desse pagamento, no caso R $ 3.860,14.

É significativo enfatizar que as arrecadações anteriores a julho de 1994 não são incluídas no cálculo do salário médio.

Fonte: jornal de contabilidade

    .

Deixe uma resposta