» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
Alguns casais estão escolhendo a união estável ao invés do casamento tradicional. No artigo de hoje, vamos explicar como você pode provar uma união estável.

No artigo de hoje, descubra quais os benefícios que você pode ter direito de viver em um relacionamento estável e como provar seu relacionamento.

Quais são os benefícios do INSS a que tenho direito?

Em primeiro lugar, saiba que quem vive em união estável tem direito a dois benefícios do INSS, desde que o cônjuge seja segurado pelo Instituto e reúna os requisitos necessários para obter esses benefícios.

Os benefícios a que você pode ter direito ao viver em união estável são pensão por mort3* e auxílio reclusão.

Lista de documentos que comprovam a união estável

Saiba que para comprovar sua união, o INSS exige apenas dois documentos que comprovem o vínculo, porém, esses documentos devem ser de importância suficiente a ponto de comprovar seu casamento em união estável.

Declaração de Imposto de Renda do segurado, na qual o interessado consta como seu dependente;

Disposições do testamento;

Cartão de Trabalho;

Formulário ou Livro de Registro de Funcionário;

Certidão de nascimento, se o casal tiver filhos;

Certidão de Casamento Religioso;

Evidência de evidentes deveres domésticos e existência de sociedade ou comunhão nos atos da vida civil;

Procuração ou garantia mutuamente concedida;

Conta bancária conjunta;

Inscrição em associação de qualquer natureza em que o interessado apareça como dependente do segurado;

Apólice de seguro em que o segurado é o segurador e o interessado como seu beneficiário;

Ficha de tratamento em instituição de saúde da responsabilidade do segurado;

Escritura de compra e venda de imóvel pelo segurado em nome do dependente;

Testemunhas.

Eu não tenho nenhum desses documentos e agora?

Calma, se você não possui nenhum desses documentos citados, existem outras formas de comprovar o seu vínculo, porém para ser aceito pelo INSS será necessário que você os leve ao Judiciário, ou seja, neste caso ele É muito importante contar com a ajuda de um advogado para auxiliá-lo no processo.

Comprovante de união por meio de perfis nas redes sociais que mostram a proximidade do casal e desde quando a união “supostamente” começou;

Gravação de vídeos e fotos em eventos sociais, reuniões, a dois;

Entre outras evidências que serão analisadas pelo advogado previdenciário ao analisar o seu caso específico.

Fonte: jornal de contabilidade

    .

Deixe uma resposta