» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
O Corinthians vinha acumulando derrotas a cada partida como mandante, no Neo Química Arena, por conta da falta de público.

Na terça-feira, o clube conseguiu reabrir a casa para o Fiel, após um ano e sete meses.

Em campo, o time de Sylvinho venceu o Bahia. Em dinheiro, o resultado também foi positivo.

O boletim financeiro divulgado pela CBF apontou lucro de R $ 168.212,19 para o Timão. Veja os números:


Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

Receita de bilheteria: R $ 520.529,90

Despesa
-Alugue e seguro: R $ 418,80
– Taxas e impostos: R $ 57.074,05
– Despesas operacionais: R $ 254.977,49

Despesas totais: R $ 312.470,34
-Duções: R $ 39.847,37

Valor líquido a receber: R $ 168.212,19

Obviamente, o valor que sobrou com o clube não foi expressivo, mas a interrupção da derrota é fato celebrado internamente.

Contra a Bahia, o Neo Química Arena recebeu 10.470 pagantes. Para o jogo contra o Fluminense, dia 13, a expectativa é que o número de jogadores não sofra grandes alterações devido à manutenção da permissão para apenas 30% da capacidade que o estádio suporta.

Depois, contra a Chapecoense, no dia 31, o clube poderá abrir o estádio para 50% da capacidade, o que equivale a cerca de 24 mil torcedores. E só após a partida contra o Fortaleza, no dia 7 de novembro, o Neo Química Arena poderá operar a plena capacidade.

Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta