» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
São Paulo e Santos se enfrentam nesta quinta-feira, às 18h30 (GMT), no estádio do Morumbi, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes chegam ao clássico em situações semelhantes: lutando para sair da zona de rebaixamento e com os treinadores pressionados. O Tricolor está em 13º lugar. O Peixe aparece em 16º lugar, sendo a primeira equipe fora da Z4.

Hernán Crespo vive o momento mais delicado desde que chegou ao Brasil. Vindo de três jogos sem vencer no Brasileirão e das recentes eliminações na Libertadores e na Copa do Brasil, o treinador está lidando com muita pressão sobre os ombros e até participou de um encontro esta semana para uma “correção de rota”.

Depois de sete meses na empresa, Hernán Crespo precisava de apenas três para tirar o São Paulo da fila. Com desempenho superior ao de qualquer outra equipe, o Tricolor saiu do Paulistão, encerrando a primeira fase com a melhor campanha e vencendo o Palmeiras na final. Com isso, as expectativas em relação ao trabalho de Crespo aumentaram, mas a equipe não tem conseguido estar à altura desta fase da temporada.

Já o técnico Fábio Carille chegou ao Santos em meio a um jejum de seis vitórias e na decisão sobre o Atlético-PR nas quartas de final da Copa do Brasil. Com pouco tempo para treinar, o Peixe acabou sendo eliminado na Vila Belmiro.

No Campeonato Brasileiro, Carille liderou o Santos em três jogos: empates com Bahia e Ceará e derrota para o Juventude. O Peixe não vence há 10 partidas e está nas últimas colocações.

A expectativa de Carille é melhorar o desempenho do Santos após tanto tempo de treinos. Fish teve 10 dias de preparação para o clássico.

Embora ainda seja cedo para julgar o trabalho de Fabio Carille no Santos, a pressão, assim como no São Paulo, aumenta a cada rodada em que a equipe não consegue um resultado positivo. Precisamente por isso, o clássico de San-São nesta quinta-feira é tratado como uma verdadeira final pelas duas equipas.
Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta