A casa caiu para o crime

Por volta das 1 da manhã 2 homens pularam o muro de uma residência para arrombar e furtar objetos, o local não tinha alarme nem algum tipo de segurança, era o local perfeito para a empreitada dos bandidos. O sucesso do roubo estava garantido, munidos de um pé de cabra arrombaram a porta da frente, entraram e foram surpreendidos pelo dono da residência que era conhecido na região como “O assombro”, pois o mesmo vive isolado e pouco é de papo, assombro já estava na espreita com uma calibre 12 em punhos, ao adentrarem na residência, os ladrões foram surpreendidos e rendidos facilmente.

» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.

Foram amarrados e jogados em um quarto, tipo depósito, mas o pior estava por vir! A vítima em um determinado momento retirou apenas um dos bandidos, deixando o outro no depósito, e o conduziu ao seu quarto de descanso, foi onde começou as torturas.

Segundo laudo, assombro colocou o ladrão deitado de bruços e amarrado na sua cama de madeira, com nós terrivelmente difíceis de serem desatados, com uma tesoura, assombro desnudou o invasor deixando o mesmo completamente nu e de costas, tendo assombro também retirado suas vestes e, em determinado momento, estava munido de uma espécie de “óleo e pílulas azuis”, iria começar ali uma sequência de 6 horas de coitos anais em desfavor do arrombador de residências.

Aos gritos, o ladrão urrava de dor enquanto assombro se deleitava em diversão. Do outro lado o segundo bandido tentava se desatar das cordas, mas em vão, em desespero gritava por socorro, mas sem sucesso, a casa de assombro era um pouco afastada, ninguém poderia ajudar os bandidos naquela altura do campeonato.

O tempo passou e os gritos cessaram! Momentos depois a porta do depósito se abre e assombro arrasta o segundo homem para o seu quarto, ali, já não havia a primeira vítima, somente sangue e fezes, iria começar o segundo tempo de horrores, assombro não era flor que se cheire.

Chorando, o segundo invasor pediu clemência, foi amarrado na cama em meio a imundice deixada, estava condenado.

Então se deu início ao segundo tempo da vingança, assombro sob efeitos de remédios para ereção passou mais 4 horas violentando o segundo invasor.

O corpo do primeiro invasor foi encontrado dentro do poço artesiano, o segundo invasor foi achado ainda vivo e amarrado na cama, assombro não foi localizado e dado como foragido.

O homem relatou a polícia que passou momentos de horror, que o autor era extremamente frio e que sua voz era grossa e arrastada, falava por diversas vezes, “você gosta de invadir a casa dos outros, agora estou invadindo o seu cofrinho”.

O ladrão foi internado no hospital psiquiátrico após 90 dias hospitalizado, acabou falecendo dormindo.

As autoridades revelaram que assombro era um ex presidiário já condenado a 30 anos de prisão, que estava livre a um ano.

Assombro ainda tem rumo ignorado.

Deixe uma resposta