» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
Durante o depoimento, o homem de 35 anos preso por mat4r* Vanessa Machowski, de 18 anos, disse que atropelou a garota “sem querer”. A suspeita cometeu o crim3 após assediá-la em Itajaí, Santa Catarina.
O delegado Eduardo Ferraz, que apura o caso, revelou ao G1 que Juciano Marinho Gomes estava bêbado quando foi ouvido no inquérito policial.

A defesa de Gomes disse que não vai comentar o caso a pedido da família. O crim3 ocorreu na noite de domingo (10). Gomes foi preso em flagrante e a prisão foi convertida em preventiva na tarde desta segunda-feira (11).
“A versão que ele [suspeito] o que aconteceu com a gente é que houve uma discussão com o namorado e a vítim*. Não sei dizer por quê, eu estava bêbado na hora. Disse que foi atacada pelo namorado [da vítima] e outras pessoas que estavam lá e, saindo, acabaram atropelando a vítim* sem querer ”, relatou a delegada ao G1.

Segundo Ferraz, durante o depoimento, Juciano tinha um cheiro forte de álcool.
O namorado de Vanessa também testemunhou. “disse ele [suspeito] teria ido e mexido com a garota. Eles começaram a discutir, o homem entrou no carro, voltou e tentou atropelá-los, mas acabou acertando só nela “, afirmou Ferraz.
O carro de Juciano foi apreendido e vai ser examinado. O inquérito policial já foi entregue ao Ministério Público de Santa Catarina.

lembre-se do crim3
O crim3 ocorreu enquanto a vítim* conversava com o namorado, de 21 anos, que estava em um caminhão estacionado no bairro dos Cordeiros. Para a polícia, o namorado contou que Vanessa estava do lado de fora quando uma caminhonete parou ao lado dela e o motorista a assediou verbalmente.
O menino então saiu do caminhão para ver o que acontecia e o caminhoneiro também desceu. Segundo o namorado da vítim*, o homem apresentava sinais de embriaguez.
Após uma discussão, o caminhoneiro voltou ao veículo e saiu de cena. No entanto, cerca de 5 minutos depois, ele voltou e jogou o carro em cima da vítim*, que foi esmagada contra o caminhão. Depois de ser atropelado, o autor fugiu em alta velocidade.

Segundo o g1, ela foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros Militar e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro, mas não resistiu aos feridos.
A Polícia Militar encontrou o suspeito do crim3 caído na rua com cortes no rosto. O carro foi encontrado estacionado em frente a sua casa com amassados ​​que indicavam o acidente. Segundo o PM, ele confirmou que jogou o carro na direção da jovem.

Fonte: Postagem 24 horas

    .

Deixe uma resposta