IRPF: Receita abre amanhã consulta para lote residual de restituições

Pandemia faz Receita Federal adiar retorno do trabalho presencial

Link do nosso grupo simhttps://chat.whatsapp.com/EYIF9MIL0C9Ksg3Ju1VBsk


Economia melhorada e cobrança atípica impulsionaram receita (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

A Receita Federal divulgará amanhã pela manhã a consulta do lote residual de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) para mais de 240 mil contribuintes que caíram na malha fina do leão nos últimos anos por inconsistências nas declarações de imposto de renda, mas que resolveram as pendências com as Autoridades Fiscais.

Os reembolsos serão depositados diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. A soma dos valores restituídos ultrapassa R$ 281 milhões, dos quais mais de R$ 96 milhões serão pagos a 43.306 contribuintes com prioridade legal, como idosos acima de 60 anos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e contribuintes cuja principal fonte de renda é o ensino.

Também foram contemplados 197.438 contribuintes não prioritários que apresentaram a declaração até 16 de janeiro de 2022.

Para o contribuinte verificar se está no lote residual, ele deve acessar a página da Receita na internet, clicar em “Meu Imposto de Renda” e depois em “Consultar a Restituição”.

Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Nesse caso, o contribuinte pode remarcar de forma simples e rápida o crédito dos valores pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB através dos telefones 4004 -0001 (maiúsculas), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá solicitá-lo por meio do Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Declarações > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar reembolso não resgatados na rede bancária”.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta