Luciano Hang pode perder direitos políticos – Extra Classe

A motivação do processo foi a visita de Luciano Hang às vésperas da eleição para condicionar inauguração da Havan à vitória de Mantei


Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do SulTRE-RS) julgará nesta segunda-feira, 16, o processo que pede o impeachment do prefeito de Santa Rosa Anderson Mantei e a anulação da eleição de 2020 no município e a perda de direitos políticos dos deputados Osmar Terra e Luciano Hang e do ex-prefeito Alcides Vicini, por abuso de poder político e econômico.

A motivação do processo é a visita do empresário Luciano Hangdona da rede Lojas Havan, Santa Rosa, às vésperas das eleições de 2020, a pretexto de encaminhar documentos referentes à construção de uma filial da rede no município.

Na verdade, a visita foi um evento eleitoral: o empresário condicionou o investimento ao resultado da eleição municipal, deu um voto útil ao candidato a prefeito (que acabou sendo eleito) e fez propaganda contra a coligação recorrente.

O recurso da Coalizão União do Povo por Santa Rosa (PT-PCdoB-PDT-PL) também pede a suspensão dos direitos políticos dos candidatos beneficiados.

O parecer do Ministério Público Eleitoral foi favorável ao recurso.

As informações são de Félix, Floriano, Rondon e Ribeiro Advogados Associados, representantes da chapa recorrente da coligação, e referentes ao Processo n. 0600658-54.2020.6.21.0042.eleições.

entenda o caso

Às vésperas do resultado das eleições, o empresário Luciano Hang desembarcou em seu jato no município de Santa Rosa, ladeado pelo ex-ministro da Cidadania de Jair Bolsonaro, deputado Osmar Terra, e cercado de celebridades e condicionou o projeto de construção de seu armazenar. na cidade para a eleição do candidato a prefeito Anderson Mantei (PP), que venceu a eleição.

“Imagine, em uma cidade como Santa Rosa, que apesar do PIB elevado, impulsionado pelo agronegócio, mas com grande concentração de renda e onde há pouca oferta de empregos, com muita pobreza. Chega um grande empresário e oferece emprego, mas só se a população votar em determinado candidato”, conjectura o advogado.

Os discursos foram públicos e viralizaram na internet. Na opinião do MP, há trechos da transcrição de possíveis ilícitos cometidos por Hang:

“Olha, nós vamos entregar o projeto para a Prefeitura né, depende do prefeito, temos obras em andamento no momento, hoje no Brasil a Havan tem quinze lojas em andamento, priorizou esses prefeitos, esses municípios , que eu, não estou pedindo nada de graça, nada, não peço nada que todo mundo recebe, nada, não quero terra, não quero nada, viemos aqui por menos burocracia, aliás, o PT e a esquerda são campeões da burocracia, né (…), a cueca deles é vermelha, pode puxar, são vagabundos, aliás, destruíram o nosso país, né, destruíram, petralão, mensalidade , é isso, quebraram a Petrobras, quebraram os correios, os fundos de pensão, crise financeira maior do que o Brasil já viu, crise econômica de 2015, povo de Santa Rosa, não tem memória curta, não t tem memória curta, pense na sua família, no futuro das gerações, Mantei aqui está na vanguarda da enquete, peço r o voto útil, voto útil, o que é voto útil Luciano? Um voto útil é votar em quem está em primeiro, em quem vai ganhar a esquerda no seu município, para este, para essa desgraça não voltar, você pensa como eu seria um empresário aqui hoje, investindo no município se Eu não acreditava no prefeito, na prefeitura e no nosso país?”

Em outro momento ele ataca a chapa da oposição:

“As pessoas de esquerda odeiam o empresário, odeiam quem trabalha, porque querem todos na miséria, para que possam estar no poder, tirar o dinheiro da sociedade e dar a essas pessoas uma bolsa de pobreza, e quando estão dando essa bolsa miséria, e eles lançam terror na sociedade.” Em outro momento, ele os chama de “ervas daninhas”.

Então ameaça:

“Não esqueça o que aconteceu com o nosso país, no dia 15 vote em Mantei (o candidato do PP) e depois nos próximos meses a Havan estará aqui, tenho certeza disso, porque ainda há o risco de esses vermelhos chegarem. volta e desfaz tudo”.

Hang sugere o tempo todo que em caso de vitória o petista corre o risco de “desfazer tudo”. Da mesma forma, repete repetidamente o mantra de que seu projeto está ligado à vitória do candidato do PP.

Leia também:

TRE decide retomar ação por abuso de poder político contra Luciano Hang

Luciano Hang pode perder direitos políticos por 8 anos

Deixe uma resposta