Lula e Dilma se encontram em SP após desconforto dentro do PT em relação ao ex-presidente #politica

Link do nosso grupo simhttps://chat.whatsapp.com/EYIF9MIL0C9Ksg3Ju1VBsk


os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff reuniu-se nesta quinta-feira (13), em São Paulo, após rumores dentro do PT que haveria uma tentativa de deixar o ex-presidente em segundo plano na campanha eleitoral deste ano. O encontro e uma foto de Lula dando um beijo na testa de Dilma foram publicados pelo ex-presidente em sua conta no Twitter.

Dilma não participou de um encontro com dezenas de personalidades políticas e advogados no final do ano passado, em jantar promovido pelo grupo de prerrogativas. O encontro foi o primeiro encontro público entre Lula e o ex-governador Geraldo Alckmin, cotado para ser deputado do PT na disputa presidencial, e foi visto como um sinal de que a chapa entre os dois políticos poderia se concretizar.

A ausência da ex-presidente foi posteriormente questionada e justificada como descompasso e falta de comunicação para convidá-la. Após o episódio, um dos vice-presidentes nacionais do PT, Washington Quaqua, disse que Dilma não teria mais relevância eleitoral. A declaração gerou desconforto no partido e houve uma ofensiva dentro do partido para tentar minimizar as críticas.

O encontro de hoje foi visto como um carinho entre Lula e Dilma. Nesta semana, o ex-presidente também recebeu solidariedade do Fundação Perseu Abramo, do PT, em nota que critica o processo de impeachment contra o ex-presidente. Dilma é presidente honorária da fundação.

No PT, porém, a ideia é que o ex-presidente não tenha protagonismo na condução da candidatura de Lula à presidência e que os mandatos de Dilma não sejam destacados nas falas do ex-presidente durante a campanha eleitoral.

Deixe uma resposta