Mãe de gêmeos mortos em incêndio no município de Gararu morre após 11 dias internada em estado grave


» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.

Após 11 dias de internação, Neutênia Daniele Fróes, 35, faleceu no final da noite desta quarta-feira (29), no Pronto Atendimento Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), em Aracaju. Ela era mãe dos gêmeos Higgor e Huggo, 4, que morreram durante um incêndio no armazém da família em Gararu em 18 de setembro.

A informação foi confirmada pela prefeitura, que emitiu nota de pesar pela mort3*.

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal e liberado na manhã desta quinta-feira (30). O velório será na casa da família e o enterro será no cemitério de Monte Alegre, onde também foram enterrados os gêmeos.

Ela estava muito bem de saúde, depois de 45% de seu corpo ter sido queimado e sofrer uma lesão por inalação profunda. Além dela, o marido, o filho mais velho e dois vizinhos ficaram feridos tentando salvar as crianças, que brincavam no local. Todos tiveram alta logo após atendimento médico, exceto a mãe e uma vizinha, que foi intubada, mas teve alta após três dias.

Armazém de mercearia após incêndio – Foto: CBM / SE

Os trabalhos forenses do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe para tentar identificar as causas do incêndio começaram no dia 20 de setembro. Segundo a agência, a obra poderia ser prejudicada porque o local foi desfigurado após ser limpo para retirada de resíduos.

Pesquisas de especialistas incluem procedimentos como análise da propagação de chamas, materiais e áreas afetadas, inspeção de instalações elétricas, registros fotográficos e coleta de imagens de câmeras e informações com as pessoas. O relatório tem prazo de entrega de 30 dias, podendo ser prorrogado.

Local do incêndio – Foto: CBM / SE / Arquivo

Deixe uma resposta