Especialista projeta que alterações no ICMS devem gerar queda na carga tributária, por litro, de até R $ 0,45 para a gasolina, entre R $ 0,04 e R $ 0,17 para o diesel S-10 e R $ 0,9 a R $ 0,45 no etanol hidratado A alteração do ICMS sobre combustíveis, aprovada pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (13), tende a ter um impacto maior na gasolina e mais limitado no diesel. O mérito da proposta, que depende de análise do Senado, está no fato de contribuir para reduzir a volatilidade dos preços dos derivativos. A proposta, entretanto, não é suficiente para reduzir substancialmente o nível dos preços de mercado. Artigo exclusivo para assinantes. Para ter acesso total, acesse o link do artigo e cadastre-se.


.

» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.

Deixe uma resposta