» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
Nesta terça, o Palmeiras foi 0 a 0 contra o Bahia, na Fonte Nova, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o empate, o Verdão não conseguiu voltar à terceira colocação, que foi ocupada pelo Red Bull Bragantino nesta noite. Agora, a seqüência de vitórias de Alviverde na competição já dura cinco jogos.

O primeiro tempo foi de poucas emoções na Fonte Nova. Os dois times lutaram para criar ofensivamente, mas foi o Palmeiras que teve a única chance real de gol, na finalização de Luiz Adriano e na defesa de Danilo Fernandes.

A segunda etapa foi em grande parte dominada pelo Bahia, que parou na grande atuação de Jailson. O goleiro do Verdão fez pelo menos três defesas importantes e evitou a pior. Aos 37 minutos, Wesley recebeu o cartão vermelho, após acertar o pé na cara de Renan Guedes.

Com o resultado, o Palmeiras chegou a 40 pontos, na quarta colocação. O próximo jogo da equipe é contra o Internacional, neste domingo, às 16h, no Allianz Parque. Enquanto isso, o Bahia chegou aos 27 pontos, na 17ª posição. A equipe volta a campo no sábado, para enfrentar o América-MG, No Independência, às 21h.

O jogo – O Bahia começou com maior ímpeto ofensivo, buscando jogadas muito verticais. Na primeira chegada, Gilberto foi lançado em profundidade, tocou em Jailson e viu a defesa se afastar. O Palmeiras respondeu com Dudu, logo em seguida, mas o atacante estava impedido quando recebeu o lançamento.

A partir daí, o ritmo de jogo caiu muito, com as duas equipes tendo dificuldade de criar. Daniel arriscou um tiro longo, mas a bola passou por cima do travessão. Depois disso, Ron balançou a cabeça após cruzamento da esquerda e correu perigo.

A melhor chance do Palmeiras na primeira fase veio com um chute de Luiz Adriano de fora da área. Depois de ser bloqueado na primeira tentativa, o atacante soltou o pé e parou na boa defesa de Danilo Fernandes.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, Kuscevic foi substituído após sentir dores no adutor na coxa direita, dando lugar a Renan. O Bahia foi o primeiro a assustar na etapa final, na finalização de Gilberto. O centroavante recebeu um passe na entrada da área e chegou rebatendo primeiro, exigindo uma boa defesa de Jailson.

Após boa jogada de Juninho Capixaba, Daniel arriscou forte chute de fora da área, colocando o goleiro do Verdão novamente para trabalhar. O Bahia continuou pressionando e arriscando com Lucas Mugni, que dominou pela direita, virou para dentro e viu a finalização ser desviada pela defesa e parou em Jailson, que fez mais uma importante intervenção.

Aos 37 minutos, Wesley acertou o pé na cara de Renan Guedes e recebeu cartão vermelho direto. Com mais uma, o Bahia ocupou o campo de ataque, mas não conseguiu quebrar o bloqueio defensivo do Palmeiras. Na jogada mais perigosa, Ron desviou do cruzamento para trás e quase rebateu.

FICHA DE DADOS
BAHIA 0 X 0 PALMEIRAS

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Encontro: 12 de outubro de 2021, terça-feira
Cronograma: 21h30 (Brasília)
Juiz: Ramon Abbati Abel (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Éder Alexandre (SC)
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
cartões amarelos: Daniel, Ronaldo, Lucas Mugni (Bahia); Kuscevic, Ron (palmeiras)
cartão vermelho: Wesley (palmeiras)

BAHIA: Danilo Fernandes; Nino Paraíba (Renan Guedes), Conti, Luiz Otávio, Matheus Bahia; Patrick, Daniel (Rodriguinho), Mugni, Juninho Capixaba; Raí (Rodallega) e Gilberto (Ronaldo César).
Técnico: Guto Ferreira

PALMEIRAS: Jailson; Gabriel Menino (Wesley), Luan, Kuscevic (Renan), Jorge; Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo Barbosa); Raphael Veiga, Dudu (Matheus Fernandes); Ron e Luiz Adriano (Deyverson)
Técnico: Abel Ferreira
Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta