Palmeiras joga com propriedade, goleia o Mauá e avança à terceira fase da Copinha #esporte

Link do nosso grupo simhttps://chat.whatsapp.com/EYIF9MIL0C9Ksg3Ju1VBsk


Nesta quinta-feira, o Palmeiras venceu o Mauá por 4 a 0, no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema, pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Verdão avançou na competição com gols do meia Fabinho, do lateral-direito Gustavo Garcia e dos atacantes Vitinho e Kevin.

O Palestra não teve o atacante Endrick, grande destaque do time da Copinha, que está com covid-19. Além do meia Jhonatan, que também está com o vírus, o zagueiro Michel e o atacante Daniel estão se recuperando de lesões.

Na terceira fase da competição, o Palmeiras enfrentará o Atlético-GO, em partida que ainda não tem data definida. Para avançar na Copinha, o Dragão venceu o Água Santa por 2 a 1.

O jogo – Apesar da superioridade técnica do Palmeiras, Mauá começou melhor na partida. O time da região metropolitana começou primeiro com Beijinho, que cabeceou e viu Mateus defender. Então Sidgol finalizou por cima do travessão.

Na primeira chegada do Verdão, a bola caiu na trave. Garcia desceu pela direita e rolou para João Pedro, que finalizou na trave. Aos 30 minutos, o Palmeiras abriu o placar. Gabriel Silva cobrou escanteio da esquerda e Fabinho desviou com a cabeça, sem chances para o goleiro.

Na segunda etapa, o time alviverde quase ampliou com Garcia. Valderlan cruzou da esquerda, e a lateral direita apareceu dentro da área para cabecear, parando na defesa do goleiro. Em um movimento semelhante, o jogador se consagraria. Aos 14 minutos, Garcia recebeu mais um cruzamento da lateral esquerda, e desta vez finalizou com firmeza para marcar.

Aos 35 minutos, o Palmeiras chegou ao terceiro gol. Após pressão de Vitinho, Giovani pegou a bola do zagueiro de Mauá e finalizou. O goleiro deu um rebote, e Vitinho apareceu dentro da área para marcar. Ainda deu tempo de Kevin escrever um quadro em Diadema. O atacante driblou um marcador e chutou de longe, mandando o escanteio.
Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta