Produção de petróleo em Sergipe somou 7,5 mil barris/dia


» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
No leilão, o governo arrecadou R $ 69,96 bilhões para os campos de Búzios e Itapu, duas áreas do pré-sal da Bacia de Campos (Foto: arquivo / Agência Brasil)

A produção de petróleo no estado, em agosto deste ano, atingiu a média de 7,5 mil barris por dia (bpd), registrando queda de 9,0% em relação à produção do mês anterior, em julho passado. Na comparação com agosto de 2020, houve redução de 30,4%.

Os dados são da análise do Boletim Econômico de Sergipe, parceria com o Centro de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e a Secretaria de Economia da UFS, com base em dados da Agência Nacional do Petróleo , Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Extração de petróleo em terra e mar

Do total produzido no oitavo mês do ano, 98,0% ou 7,4 mil barris por dia (bpd) foram extraídos em terra. Nesse tipo de produção, em termos relativos, houve queda de 27,3% frente ao mês anterior. Porém, em relação ao volume produzido em agosto de 2020, houve retração de 7,0%.

A produção no mar atingiu, em média, 147 barris por dia (bpd), correspondendo a 2,0% da produção total. Em termos comparativos, houve redução de 56,1% em relação ao último mês de julho. Na comparação com agosto do ano passado, houve queda de 77,5%.

Produção de gás em agosto / 2021

A produção de gás natural, em agosto de 2021, totalizou 1,4 milhão de metros cúbicos (m³). Em termos relativos, houve queda de 12,7% em relação ao mês anterior (julho / 2021). Em relação ao mês de agosto de 2020, houve redução de 33,4%.

A produção terrestre foi a principal fonte de produção de gás natural no estado, totalizando pouco mais de 1,3 milhão de metros cúbicos (m³) no período analisado. Esse volume correspondeu a 95,7% do total produzido em agosto no estado, enquanto a produção offshore foi de 60 mil metros cúbicos (m³), representando 4,3% da produção.

Fonte: NIE / FIES

Deixe uma resposta