Saiba como cuidar corretamente dos seus pets neste verão

Saiba como cuidar corretamente dos seus pets neste verão

Link do nosso grupo simhttps://chat.whatsapp.com/EYIF9MIL0C9Ksg3Ju1VBsk


(Foto: Freepik)

A chegada do verão exige cuidados específicos não só entre a população, mas também entre os animais. Muita gente não percebe, mas cães e gatos também podem sofrer com as altas temperaturas. A Portal Infonet conversou com a veterinária Maria Carolina Cardoso, que deu orientações sobre como cuidar dos pets nesta temporada.

“O verão é um período muito quente para nós e também para nossos animais de estimação. O calor contribui para a reprodução de ectoparasitas, principalmente o carrapato, que pode transmitir doenças graves e, em alguns casos, levar à mort3*. Além disso, nesse período também é comum que os animais sofram de dermatites e doenças respiratórias”, explica.

Carolina revela que os pets mais acometidos nesse período são os de pelagem longa, com excesso de peso ou, no caso dos cães, braquicefálicos, que são cães de focinho curto, como os das raças Pug e Bulldog, uma vez que precisam de cuidados especiais cuidados, pois são mais propensos a ter problemas respiratórios. No entanto, independentemente da raça, é importante estar atento a certos sinais. “É muito importante ficar atento a sinais como chiado, boca aberta, fraqueza ou sede excessiva. Caso o tutor identifique algum desses sintomas, deve procurar o veterinário”, alerta.

(Foto: Arquivo Pessoal)

O veterinário diz que é importante manter os pets em ambientes arejados, ventilados e frescos. “Se o cão ou gato é uma raça que sofre muito mais com o calor, opte por ar condicionado e ventilador nas horas mais quentes do dia. Tapetes gelados também são uma boa alternativa. Além disso, é de suma importância aumentar a oferta de água na casa de forma fácil, como vasos convencionais ou a vida mansa. Também é recomendável evitar canudos, pois os cães têm preguiça de beber água. O ideal é colocar gelo no pote de água ou até mesmo fornecer refrescos para cães que não gostam de gelo”, aconselha o veterinário.

No período de altas temperaturas também preciso de atenção com o banho. No verão, de acordo com o veterinário, os cães devem tomar banhos semanais, desde que respeitados os requisitos da raça ou a situação dos pacientes com problemas dermatológicos. É necessário utilizar produtos específicos para cada animal de estimação e secar o animal corretamente, a fim de evitar problemas dermatológicos e otológicos.

O veterinário revela ainda que os cuidados vão além da rotina diária da casa e se estendem até o momento do passeio, que é uma atividade essencial para o pet. “A orientação é sempre levar água e comida para o conforto do seu pet. Em relação aos passeios, o ideal é não fazer nas horas quentes do dia e preferir sempre a manhã, até às 8h, ou a tarde, depois das 17h. Também é importante evitar andar no asfalto e optar por grama, areia ou asfalto. O asfalto retém o calor e pode causar queimaduras nas pastilhas. Se o asfalto for a única alternativa, é preciso usar calçados”, conclui Carolina.

Por Luana Maria e Verlane Estácio

Deixe uma resposta