São Paulo vence o Sport no Morumbi e respira na luta contra o rebaixamento #esporte

Link do nosso grupo simhttps://chat.whatsapp.com/EYIF9MIL0C9Ksg3Ju1VBsk


O São Paulo venceu o Sport na noite deste sábado, no Morumbi, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Num confronto direto na luta contra o rebaixamento, o Tricolor, apesar de não ter feito um jogo brilhante, conseguiu sair de campo com uma vitória por 2 a 0, graças aos gols de Calleri e Gabriel Sara.

Embora o São Paulo tenha tido algumas oportunidades de gol no primeiro tempo, foi na fase complementar que começou a chegar ao gol adversário com mais naturalidade, graças à entrada de Martín Benítez, que substituiu Vitor Bueno ao intervalo. Foi ele quem sofreu e sofreu a falta que resultou no gol de Calleri.

Com o resultado, o São Paulo foi para 45 pontos, abrindo cinco da zona de rebaixamento. O Sport, por sua vez, está na vice-lanterna da competição e pode ser rebaixado na próxima terça-feira, caso o Juventude vença o Red Bull Bragantino, em Caxias do Sul.



Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

O jogo – O São Paulo começou o jogo com mais danos e, apoiado pela torcida, não demorou muito para que o gol de Mailson corresse perigo. Aos seis minutos, Gabriel Sara aproveitou as sobras na entrada da área para bater rasteiro, mas o arqueiro do Sport fez a defesa. Aos 11, o meio-campista tricolor estrelou uma jogada mais bonita, dominando de costas para o gol, levando para o meio e jogando a bomba que passou a centímetros do travessão.

Os visitantes reagiram com Mikael. Em primeiro lugar, o centroavante do Sport tirou a tinta da trave ao acertar na entrada da área e contar com o desvio de Miranda. A seguir, após cobrança de escanteio, cabeceou à queima-roupa, obrigando Tiago Volpi a fazer um milagre no Morumbi.

O São Paulo continuou em busca do tão esperado gol. Calleri teve uma chance clara de abrir o placar, mas ele cabeceou para o goleiro Mailson. Depois foi a vez de Rigoni guardar o que sobrou da cruz, no segundo poste, para dominar e soltar o pé, mandando-o para fora.

Antes do apito final, o Tricolor teve a última oportunidade de levar a vantagem na partida. Na cobrança de falta de Igor Gomes, Gabriel Sara apareceu no meio do caminho para desviar de cabeça, exigindo excelente defesa de Mailson.

Segundo tempo

Depois que a torcida pediu a entrada de Benítez no final do primeiro tempo, Rogério Ceni atendeu aos pedidos vindos da arquibancada e colocou o argentino no lugar de Vitor Bueno. Mas foi o Sport quem ameaçou primeiro. Logo no primeiro minuto, Mikael ficou preso na parte de trás da defesa e rebateu forte, exigindo outra boa intervenção de Tiago Volpi.

Pouco depois, porém, a torcida paulista provou que tinha muita razão. Aos cinco minutos de jogo, Benítez sofreu falta perto da área, cobrou e viu Calleri terminar no fundo das redes, abrindo o marcador para o Tricolor.

Mais confortável com a vantagem, o São Paulo continuou superior ao adversário e quase ampliou com Gabriel Sara depois que Rodrigo Nestor levou a bola até o gol e cruzou de cabeça do companheiro, que viu Mailson fazer mais uma defesa excepcional para salvar o Sport.

Mas, por insistir tanto, Gabriel Sara conquistou o gol na reta final do jogo. Benítez deu início à jogada, abrindo para Marquinhos pela esquerda. O jovem atacante fez o jogo individual e cruzou rasteiro para Gabriel Sara chegar rebatendo primeiro, sem chances para Mailson desta vez, e garantindo a importantíssima vitória tricolor no confronto direto na luta contra o rebaixamento.

FICHA DE DADOSSÃO PAULO 2 X 0 ESPORTE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)Encontro: 27 de novembro de 2021, sábadoCronograma: 21h30 (Brasília)Juiz: Heber Roberto Lopes (SC)Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA-GO) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Público: 35.679 fãs
Renda: R $ 904.554,00

Meta: Calleri, aos 5, e Gabriel Sara, aos 35 no 2T (São Paulo)
Cartões amarelos: Gustavo (Esporte)

SÃO PAULO: James Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Miranda e Reinaldo; Rodrigo Nestor (Gabriel Neves), Igor Gomes, Gabriel Sara (Bruno Alves) e Vitor Bueno (Benitez); Rigoni (Juan) e Calleri (Marquinhos).Técnico: Rogerio Ceni.

ESPORTE: Mailson; Ewerthon, Thyere, Sabino e Sander; Marcão, José Welison e Hernanes (Paulinho Moccelin); Everton Felipe, Gustavo (Luciano Juba) e Mikael.Técnico: Gustavo Florentín.
Deixe o seu comentário

.


.

Deixe uma resposta