26 C
Aracaju
quarta-feira, outubro 20, 2021
Início Brasil/Mundo Sobre a Carta do Presidente Bolsonaro à Nação

Sobre a Carta do Presidente Bolsonaro à Nação

46
0


» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.

Feliciano Marco – 09/10/2021 17:45

Sobre a Carta do Presidente Bolsonaro à Nação Foto: Isaac Nóbrega / PR

Olá povo de Deus. Paz! Muitos me questionam sobre a Carta à Nação, emitida pelo presidente Bolsonaro. Assim como você, fiquei surpreso porque, depois dos protestos de 7 de setembro, não voltei para Brasília e não estava com o presidente.

Jornalistas, líderes, irmãos em Cristo e eleitores me perguntaram o que aconteceu. Passei ontem meditando e, antes que o dia acabasse, postei um pensamento no meu Twitter: “Jornalistas me perguntando sobre a carta do presidente Jair Bolsonaro – minha percepção é que meu presidente, um militar, é um estrategista. E, em uma guerra, fazer algo inesperado que surpreenda o inimigo pode ser a chave para uma vitória repentina. #EuConfioNo Presidente ”.

Nada melhor do que uma noite silenciosa para meditar. O que eu entendi sobre isso, vou te contar aqui.

Bolsonaro, no dia 7 de setembro, fez uma proeza ímpar, fez história: mostrou aos brasileiros que tem liderança. Foi uma demonstração linda e pacífica, a maior de todas!

Se ele quisesse, bastaria um slogan, e esse exército verde e amarelo obedeceria ao seu capitão! Se ele dissesse “vamos aqui” ou “vamos lá”, “vamos fazer isto” ou “vamos fazer aquilo”, nós o povo faríamos tal coisa.

Por outro lado, os inimigos, os adversários, os curiosos, ficavam apavorados. A junk press passou o dia desdenhando, mentindo, subestimando, distorcendo os fatos e esperando que tudo desse errado. Os profetas do caos, porém, ficaram envergonhados porque estavam errados. A manifestação foi pacífica, sem vi0lência*. Foi gigante!

Então chega o dia seguinte, e o presidente Bolsonaro surpreende a todos, mais uma vez se revelando um estadista sem igual!

O Brasil estava começando a estagnar. O resultado seria catastrófico. Os mais pobres sofreriam mais. E, sabendo que o orgulho de muitos que o perseguem os impediria de serem humildes e de se retirarem, o nosso presidente, num gesto de grandeza, propôs uma trégua, propôs uma conciliação.

Nestes tempos difíceis, um estadista deve tomar decisões salomônicas. Consultar os anciãos mostra sabedoria. Então, nosso presidente derramou água na fervura, esfriou os ânimos e evitou contendas; afinal, governar um país implica lidar com grandes questões econômicas, sociais, administrativas que estão sujeitas aos humores do mercado, sensíveis ao menor risco de flutuação e que, para sobreviver, sacrifica tudo e todos!

A história contará a honrada atitude de estadista do Presidente Bolsonaro que, tendo o apoio popular necessário para fazer o que for necessário, mostra uma grandeza pacífica e, em nome de milhões de adeptos, propõe uma trégua; uma trégua que não indica que ele foi derrotado, mas que o povo conquistou. O maior beneficiário de toda essa proposta é o país como um todo, um navio chamado Brasil que navega em mar agitado há anos.

Nossa importância para o mundo é única! Somos um dos maiores produtores de alimentos e temos uma tradição judaico-cristã que nos permite viver em paz e harmonia.

É claro que os abutres da mídia que vivem do conflito, do mal, das coisas fedorentas, do que está em estado de putrefação e que apostam no “quanto pior melhor” continuarão a dizer que faltou coragem ao presidente, pois essa é a natureza do aqueles que odeiam o homem honesto, transparente e sincero chamado Jair Bolsonaro.

Como disse um sábio, “PARA O INIMIGO NÃO É POSSÍVEL EXPLICAR, PORQUE ELE SEMPRE SERÁ INIMIGO! Sempre será contra ”. Porém, para nós, gente boa, família que ama a Deus e ao país e confia no presidente, o mesmo sábio diz: “O AMIGO NÃO PRECISA DE EXPLICAR, porque confia!”

Os próximos dias vão revelar os resultados das ações do nosso presidente e acredito que vão surpreender a todos.

Ontem de manhã, exatamente às 1h16, após terminar de orar para dormir, senti no coração mandar uma mensagem ao presidente. Então eu escrevi: “Amigo e irmão, meu presidente, paz! Minhas orações estão com você. Que Deus lhe dê calma, sabedoria, força, prudência e a decisão certa. Força e fé! “

Agradeço a Deus por dar sabedoria ao nosso líder e por nos dar dias de paz, com honras!

Na natureza, os mais fortes, quando querem dar grandes saltos, recuam – não por medo, mas para ganhar impulso – porque o próximo passo será a vitória!

Deus abençoe todos vocês!

#EuTrustNoPresident

Feliciano marco é pastor e está cumprindo o terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Catedral do Reavivamento dos Ministérios da Assembléia de Deus.

* Este texto reflete a opinião do autor e não necessariamente do Pleno.News.

Ler também1 ‘Carta do Bolsonaro colocou tudo de volta nos trilhos’, diz Guedes
dois Receita Federal acusa Lula de sonegação, conluio e fraude fiscal
3 “O presidente é um estadista e um patriota”, destaca Ramos
4 Bolsonaro: ‘Há coisas sobre as quais não posso falar. Confie ou não ‘
5 O presidente Jair Bolsonaro rebate as críticas: ‘Não lê a nota e reclama’

Siga-nos em nossas redes!

O autor da mensagem, não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.



Deixe uma resposta