» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
O Procurador da Justiça Desportiva modificou a denúncia a Andreas Pereira, de Flamengo, feito por santos. Anteriormente, o caso do meio-campista era enquadrado em conduta antiesportiva, mas agora o atleta vai responder pelo art. 191 I, II, III da CBJD por descumprimento de obrigação, resolução / determinação e regulamento do Campeonato Brasileiro.

O caso será julgado nesta sexta-feira. O atleta pode ser punido com multa de R $ 100 a 100 mil.

escalação irregular

Santos e Flamengo se enfrentaram na Vila Belmiro, no dia 28 de agosto, pelo Brasileirão. Na ocasião, o Rubro-Negro venceu por 4 a 0. No entanto, Andreas Pereira, autor de um dos golos, foi escolhido de forma irregular.

Na data da partida, o jogador ainda não havia completado o período de quarentena obrigatório para pessoas que estiveram no Reino Unido. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determina quarentena obrigatória de 14 dias, mas o atleta havia chegado ao Rio de Janeiro apenas oito dias antes.

Confira o que o artigo 191 diz:

Arte. 191. O descumprimento ou obstáculo a: I – obrigação legal; II – deliberação, resolução, determinação, exigência, solicitação ou qualquer ato normativo ou administrativo da CNE ou entidade de administração esportiva a que esteja filiada ou vinculada; III – regulamento, geral ou especial, de competição.

Deixe o seu comentário


.

Deixe uma resposta