Grupo de notícias clique aqui

A medida prevista na lei Desenrola foi sancionada pelo presidente Lula no início de outubro. Ou seja, o limite inédito já foi reduzido pelo Banco Central.

Salário mínimo disparou em 2025 e novo valor definido por banco: notícia deixa CLTs eufóricos para o próximo ano

Milhões na mesa e + 27 unidades: a compra colossal da Smart Fit de uma rede rival gigante para aniquilar a Bluefit

Canais gigantes de TV estão com sinal desligado (Foto: Reprodução/Internet)

Adeus: 3 canais gigantes de TV têm sinal permanentemente desligado em fevereiro: “Eles não farão mais parte”

E as informações não param por aí. De acordo com o que foi noticiado pelo InfoMoney, uma substituição do Cartão de Crédito pode estar a caminho.

Estamos falando do “Pix parcelado”, pois ganhou popularidade, que é a futura possibilidade de utilizar o sistema de pagamento instantâneo para parcelar compras e pagamentos, hábito comum entre os brasileiros.

Como funciona o Pix parcelado?

Assim, as informações mostram que o Pix parcelado deve impulsionar a consolidação do Pix como um dos meios de pagamento mais utilizados, substituindo outros, como o cartão de crédito.

Segundo o que disse Roberto Nacchace, sócio associado da McKinsey, em evento do setor de telecomunicações, TI e internet em São Paulo: ““A ideia inicial do Banco Central com o Pix era substituir o dinheiro, promovendo a inclusão financeira e digital. Mas o Pix continua a crescer e a canibalizar outros métodos. Com a chegada do Pix parcelado, deveremos ver a canibalização de outros pagamentos como o crédito (cartões), embora em velocidade menor que a atual”, disse o executivo.

Dessa forma, a possibilidade de parcelar o pix surge sem dúvida como uma alternativa para quem não quer mais usar o cartão de crédito.

Originalmente publicado em https://www.otvfoco.com.br/substituto-a-caminho-2-reviravoltas-no-cartao-de-credito-em-2024/