Grupo de notícias clique aqui

Ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trumpdo Partido Republicano, afirmou que fez Taylor Swift ganhou muito dinheiro no período em que ocupou a Casa Branca. Por isso, ele diz esperar uma certa fidelidade do cantor.

Na manhã deste domingo (11), Trump escreveu uma postagem na rede social Truth Social que ficaria surpreso se Taylor votasse em Joe Biden, do Partido Democrata, nas Eleições presidenciais deste ano.

Dirigida à cantora e ao seu namorado, o jogador de futebol americano Travis Kelce, a mensagem é escrita numa altura em que surgem rumores sobre o novo apoio da artista ao político democrata, agora candidato à reeleição.

Na postagem, Trump destacou que assinou, em 2018, a Lei de Modernização Musical, que, em termos gerais, regularizou a forma como compositores e intérpretes recebem uma percentagem das suas criações, numa Indústria dominada pelas reproduções em plataformas de streaming. Depois, Trump atacou o atual presidente americano.

“Joe Biden nunca fez nada por Taylor e nunca fará”, escreveu Trump. “Não há como ela apoiar o desajeitado Joe Biden, o pior e mais corrupto presidente da história dos Estados Unidos, e ser desleal ao homem que lhe rendeu tanto dinheiro”.

Por fim, o ex-presidente afirmou que gosta do namorado da cantora, Travis Kelce, que apoia a camisa do Kansas City Chiefs, embora seja liberal – ou seja, está mais alinhado ao pensamento democrata.

Na noite de domingo, Taylor Swift acompanhará o namorado, bicampeão da Liga Nacional, ao SuperBowl, decisão do campeonato, contra o San Francisco 49ers.

As Eleições presidenciais americanas estão marcadas para novembro.

Taylor Swift — Foto: Bloomberg

Originalmente publicado em https://valor.globo.com/mundo/noticia/2024/02/11/taylor-swift-donald-trump-afirma-que-fez-cantora-ganhar-muito-dinheiro-e-cobra-lealdade.ghtml