UE fornecerá mais 500 milhões de euros em ajuda militar à Ucrânia


O chefe de política externa da União EuropéiaJosep Borrell, disse nesta sexta-feira (13) que o bloco vai fornecer mais 500 milhões de euros em apoio militar ao Ucrânia e que está confiante de que nos próximos dias poderá ser alcançado um acordo para um embargo petrolífero russo.

Falando a repórteres antes da reunião dos ministros das Relações Exteriores do G7 na Alemanha, Borrell disse que o apoio militar seria para armas pesadas, como tanques e artilharia, e elevaria a ajuda do bloco para cerca de 2 bilhões de euros.

“Um novo impulso para o apoio militar. (Será) mais pressão sobre o Rússia com sanções econômicas e contínuo isolamento internacional do país e combate à desinformação”, disse.

Borrell disse que também está otimista de que um embargo da UE ao petróleo russo também possa ser acordado nos próximos dias. “Tenho certeza que teremos um acordo. Precisamos e vamos. Temos que nos livrar da dependência da Rússia do petróleo”, disse o diplomata.

“Se não houver acordo entre os embaixadores, na próxima segunda-feira (16) os ministros, quando se reunirem, terão que dar o impulso político”, disse.

Deixe uma resposta