» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
A capital paulista reabriu hoje (13) a rede de vacinação para dar continuidade ao esquema de aplicação da primeira e segunda doses (D1 e D2) da vacina contra covid-19. Doses adicionais também serão aplicadas novamente para idosos com mais de 60 anos de idade e profissionais de saúde com mais de 18 anos de idade que tomaram a última dose do esquema vacinal (D2 ou dose única) por pelo menos seis meses.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Paulo, a partir de hoje, a vacinação será realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nos Ambulatórios de Assistência Médica (AMAs) / UBSs Integradas, em drive-thrus, em farmácias e megastations.

Pessoas maiores de 18 anos com alto grau de imunossupressão também podem tomar a dose adicional. Para este grupo, com mais de 18 mil cidadãos, é necessário ter tomado a última dose do esquema de vacinação (D2 ou dose única) há pelo menos 28 dias.

Segundo informações da SMS, até ontem (12), foram aplicadas 18.712.808 doses da vacina contra o novo coronavírus, sendo 10.421.865 nas primeiras doses, 7.557.713 segundas doses e 325.957 doses únicas.

A cobertura vacinal para a população com mais de 18 anos de idade é de 107,4% para a primeira dose ou dose única e 85,6% para a segunda dose ou dose única. 389.273 doses de reforço também foram aplicadas. Entre os adolescentes de 12 a 17 anos, 837.167 foram vacinados com a primeira dose, o que representa uma cobertura vacinal de 99,2%. Esse grupo, estimado em 844.073 pessoas, começou a ser vacinado no dia 16 de agosto. A imunização para essa faixa etária é feita apenas com a vacina Pfizer.

Deixe uma resposta