Vacinas da gripe e covid-19 já podem ser tomadas de forma simultânea


» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
(Foto: SES)

O Ministério da Saúde divulgou nota técnica que encerra o intervalo entre a aplicação das vacinas contra a gripe e contra a Covid-19. O alvo da ação é facilitar a adesão da população às duas campanhas de vacinação.

A Secretaria de Estado da Saúde aderiu imediatamente à nova determinação e os postos agora podem fazer a aplicação simultânea das doses. Antes, era recomendado esperar 14 dias entre uma vacina e outra como precaução.

O administrador de Vigilância e Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, ressalta que estudos mostram que uma vacina não interfere na eficácia da outra, nem promove efeitos adversos adicionais. “As vacinas sempre podem ser usadas simultaneamente, desde que respeitado o grupo muscular aonde estão sendo aplicadas. A única reserva que temos é com a vacina de vírus vivo. Não é o caso de nenhuma dessas vacinas aplicadas no Brasil contra a Covid-19 ”, disse.

Com o avanço da imunização e estudos relacionados, foi provável comprovar a segurança dessa combinação de vacinas. “A comissão técnica do Ministério da Saúde recomendou e a SES aceitou imediatamente visto que a eficácia das vacinas não muda. O principal fator dessa aplicação simultânea é que a pessoa não perca a oportunidade da vacinação ”, destacou a diretora.

Campanha Multivacinação

Desde sexta-feira, 1º, Sergipe passou a vacinar crianças, desde recém-nascidos até adolescentes menores de 15 anos, que têm calendário vacinal atrasado. A Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Cartilha de Vacinação vai até o dia 29 de outubro, sendo o dia 16 de outubro o Dia “D” de divulgação e mobilização nacional. Marco Aurélio chama a atenção dos profissionais de saúde para que observem as pessoas que estão aptas a tomar a vacina Covid-19, para aplicação simultânea.

“É necessário observar se a pessoa chegou para atualizar seu cartão de vacinação para outras imunizações em atraso, se já foi imunizado contra Covid-19. Caso contrário, aproveite para ministrar a primeira ou a segunda dose. Não podemos perder a oportunidade dessa vacinação considerando que todos os imunizantes são seguros ”, finalizou.

Fonte: SES

Deixe uma resposta