Vazamento de dados atinge 395 mil chaves PIX do Banese


» Siga o MELHOR conteúdo do @radialistapessoa no Instagram e fique por dentro de tudo que acontece em sua cidade.
Banco Central informou vazamento de dados-chave do PIX do Banese (Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

O Banco Central do Brasil divulgou nesta quinta-feira, 30, por meio de nota à imprensa, a ocorrência de vazamento de dados das chaves do Pix sob custódia e responsabilidade do Banco Estadual de Sergipe (Banese), devido a falhas específicas nos sistemas da instituição financeira.

De acordo com o Banco Central, dados sigilosos, como senhas, informações sobre transações ou saldos financeiros em contas-movimento, ou quaisquer outras informações sob sigilo bancário, não foram expostos. A informação obtida é de natureza cadastral, o que não permite a movimentação de recursos, nem o acesso a contas ou outras informações financeiras.

O Banco Central informou que as pessoas que tiveram seus dados cadastrais obtidos na ocorrência serão notificadas exclusivamente por meio do aplicativo de sua instituição de relacionamento. E ressaltou que nem o BC nem as instituições participantes utilizarão qualquer outro meio de comunicação com os usuários afetados, como mensagens, ligações, SMS ou aplicativos de e-mail ”, alerta a nota.

O Banco Central revelou, ainda, que tomou as providências necessárias para o aprofundamento do caso e que aplicará as medidas sancionatórias previstas na regulamentação em vigor.

Banese

O Banese confirmou que a sua área técnica detectou consultas indevidas a dados relativos a 395.000 chaves PIX, exclusivamente do tipo telefónico, por não clientes do banco, a partir do acesso a duas contas bancárias de clientes. O banco também confirmou que essas consultas não afetaram o sigilo de senhas, histórico de transações ou outras informações financeiras de seus clientes.

O Banese disse ainda que, em conjunto com o Banco Central, tem vindo a trabalhar na comunicação e apuração dos factos, bem como na implementação de mecanismos de segurança para evitar que casos semelhantes voltem a acontecer.

Diante da situação, e como forma de prevenção, o Banese reforçou a necessidade de se adotar cuidados básicos a serem seguidos pelos usuários do Sistema Financeiro: sempre suspeite de mensagens SMS ou aplicativos enviados por números desconhecidos e nunca clique em links desses números. ; preste atenção redobrada ao receber ligações de pessoas que se passam por bancos e nunca forneça informações pessoais, códigos recebidos por SMS ou senhas bancárias; cuidado com e-mails e páginas falsos que tentam se passar por qualquer instituição financeira; nunca use senhas fáceis de descobrir.

Por Verlane Estácio com informações do BC e Banese

Deixe uma resposta