Vídeos: Mulher é baleada em posto de gasolina por PM; própria irmã teria feito o disparo! – #exclusivo


A manhã deste último sábado, 2 de julho, foi marcada por uma tragédia para uma família na cidade de São Gonçalo, localizada na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

De acordo com as primeiras informações sobre o caso, duas irmãs estavam em uma festa, durante a noite, e na saída, de madrugada, solicitaram um veículo por aplicativo, a caminho do destino escolhido, começaram a discordar na veículo, e logo desembarcaram em um posto de gasolina, onde continuaram discutindo.

Um posto de gasolina bastante conhecido na região, onde se encontram vários bares e restaurantes nas proximidades. Após o desembarque, a discussão continuou, até que, em determinado momento, a policial militar Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, sacou a arma e disparou vários tiros contra a própria irmã, Rayana Mello, que morr3u* no local.

Testemunhas presentes no momento do incidente relataram que depois que Rhillayne disparou os tiros, ela moveu o corpo da irmã para verificar se ela realmente havia morrido.

Disse uma testemunha:

“Estamos com medo do que aconteceu. Ela cometeu o crim3 na frente de todos. Quando ela caminhou em direção a sua irmã com a pistola na mão, eu só pensei que iria intimidá-la. Não achei que ela fosse atirar. Ela continuou girando a pistola. Ela até atirou duas vezes contra a parede. Felizmente ninguém mais se feriu.”

Assista aos vídeos abaixo:
vídeo 1 CLIQUE AQUI
vídeo 2 CLIQUE AQUI

Após toda a situação, o próprio marido de Rhillayne, que também é policial militar, deu voz de prisão a ela. O homem chegou ao local logo após o crim3 e prendeu a esposa. Após ser contido, Rhillayne foi encaminhado à Delegacia de Homicídios de Niterói.

Os pais das jovens ficaram arrasados, e o pai, que estava no local do assassin4t0, acompanhou a operação forense em sua filha. Muito abalado e chateado, o pai se recusou a falar com a imprensa.

Deixe uma resposta